Início » Últimas » A antiga travessa do adro

A antiga travessa do adro

ruaabelvarzimA imagem transporta-nos para a travessa do adro (actual rua Padre Abel Varzim) nos finais da última década de 50 ou inícios da década de 60. Os garotos dos pés descalços, figurantes do acaso, lembram-nos épocas difíceis e a pobreza que grassava na vila por esses tempos… A carroça ao fundo da pequena rua, certamente aguardava conserto na oficina do ferreiro e abegão António Mestre, de trabalho apurado e muito procurada durante décadas. Neste dia, a objectiva, com proprietário desconhecido, registou um quadro único que ainda hoje povoa o imaginário de muitos alvaladenses.

A importância e a configuração urbana da travessa do adro ou rua Padre Abel Varzim, remontam, com grande probabilidade, à época medieval. Foi, durante muitos séculos, a artéria privilegiada na ligação entre a praça D. Manuel I  e a igreja matriz, espaços destacados do processo histórico da freguesia.

_LPR

Uma Resposta a A antiga travessa do adro

  1. Maria Dores Carvalho Amado Responder

    19 de Dezembro de 2014 em 18:40

    Nesta “travessa”, eu recordo-me que morava, do lado esquerdo, a prima Maria Adriana….e do lado direito os pais da minha tia Maria Luisa Costa, ou seja o sr. Fradinho, assim designado por ser filho dum frade. Aí criaram os filhos ao lado da casa q tbm chegou a ser residência do Padre Jorge de Oliveira e no primeiro andar residia o professor.
    Um dos filhos do Sr. Fradinho era o Zé Fradinho que era enfermeiro (no tempo do Dr. Fernandes e da Dra. Graziela Páscoa Geraldo)…..a m tia M.a Luísa, por afinidade, pois casou c o meu tio Domingos Carvalho e são os pais do Mário de Carvalho. Lembro-me mt bem da casa com uns bonitos cântaros de cobre na entrada. Tinha uma enorme sala com janela e outra porta p a R. de Lisboa…..M.Dores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.