Início » Últimas » Câmara municipal vai apoiar a pintura exterior da igreja matriz de Alvalade com 5 mil euros

Câmara municipal vai apoiar a pintura exterior da igreja matriz de Alvalade com 5 mil euros

imatriz3A Câmara Municipal de Santiago do Cacém deliberou, no passado dia 29 de Maio, em sede de reunião municipal, atribuir e transferir para a Paróquia de Alvalade uma verba de 5 mil euros como forma de apoio à pintura exterior da igreja matriz (leia a acta aqui).

A actual igreja matriz de Alvalade ou igreja de Nossa Senhora da Conceição da Oliveira resulta da ampliação, no início do século XVI, de uma primitiva capela datável dos séculos XIII ou XIV, após a outorga do território à Ordem Militar de Santiago da Espada e o seu estabelecimento como comenda. A povoação cresceu em torno desta capela, que em 1510 recebeu foral concedido por D. Manuel I, alcançando o estatuto de concelho. O pelourinho de Alvalade datará dos anos imediatos, bem como a reconstrução ou ampliação da igrejinha em estilo manuelino. Em 1510, os visitadores da Ordem de Santiago já descrevem uma igreja com capela-mor abobadada, nave única com três arcos de tijolo e tecto de madeira. Esta estrutura corresponde à tipologia comum da arquitectura manuelina de carácter regional. Destaca-se nela, no entanto, a capela-mor, coberta por uma complexa abóbada de cruzaria de ogivas com requintada decoração de cariz vegetalista nas mísulas e chaves. De facto, juntamente com o delicado portal principal, de finos colunelos evoluindo em arco de carena e rematados por cogulho decorado por meias esferas, as abóbadas nervuradas e os capitéis lavrados do interior são as mais evidentes marcas do estilo manuelino do templo. Na segunda metade do século XVII, a matriz de Alvalade foi sujeita a uma importante campanha decorativa centrada no grandioso retábulo de talha dourada e policromada da capela-mor, no chamado “Estilo Nacional”, que integra uma tela atribuída a Bento Coelho da Silveira, representando Nossa Senhora da Conceição da Oliveira, orago do templo por via de um  antigo vínculo com a igreja-colegiada de Nossa Senhora  da Oliveira de Guimarães. Este investimento estará certamente ligado à coroação da Imaculada como rainha de Portugal em 1646, aproveitando-se então esta invocação da Virgem como instrumento de propaganda política, legitimadora da nova dinastia e garante da independência do reino.

A igreja matriz (classificada há um ano atrás como monumento de interesse público), é tão somente o ex-libris da freguesia e uma das mais importantes igrejas históricas do Alentejo Litoral, motivos suficientes para um esforço suplementar na sua conservação e valorização não apenas para as suas funções cultuais, mas também enquanto património destacado da freguesia. Para além da pintura exterior, a igreja matriz de Alvalade reclama e necessita de uma campanha de obras que contemple a substituição do piso interior e uma intervenção de requalificação do adro e sobretudo das barreiras, cada vez mais urgente. Fazemos votos, daqui, que a Paróquia de Alvalade consiga os apoios necessários para as obras que a igreja matriz carece e justifica.

_LPR

3 Respostas a Câmara municipal vai apoiar a pintura exterior da igreja matriz de Alvalade com 5 mil euros

  1. Carmo Candeias Responder

    3 de Junho de 2014 em 10:51

    Foi com grande satisfação que soube desta noticia. Será certamente bem vinda por todos os Alvaladenses.
    Alvalade Sado, merece um olhar mais atento das entidades competentes no sentido de haver um esforço da sua parte, para que seja possivel darem alguma ajuda para combater as necessidades dessa Terra que tanto merece ser mais dignificada.
    Bem haja essa iniciativa.

  2. Matilde Oliveira Responder

    3 de Junho de 2014 em 10:52

    Boa notícia esta. Concordo totalmente com a pintura e o resto das obras enunciadas porque de fato é uma igreja lindíssima.

  3. Mariana Banza Responder

    3 de Junho de 2014 em 11:25

    Acreditei desde o início que o esforço conjunto do Municipio, Junta de Freguesia e Paróquia de Alvalade iria resultar na pintura da nossa Igreja Matriz, tão necessitada de uma conservação urgente.

    Há quem tenha dito: “a Mariana é uma sonhadora”, mas eu gosto de acreditar nas pessoas e pensar que “se os homens quiserem … Deus ajuda e a obra nasce”.

    Estou muito agradada pelo facto de ter sido dado este importante passo (atribuição da verba municipal) para a concretização do efeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.