Início » Últimas » CMSC procura empresa para resgatar os frescos da Misericórdia

CMSC procura empresa para resgatar os frescos da Misericórdia

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Câmara Municipal de Santiago do Cacém está a consultar empresas especializadas e a pedir orçamentos para uma intervenção de resgate, estudo e conservação das pinturas a fresco da abóbada da igreja da Misericórdia. A notícia chegou-nos pela voz de Rui Madeira, presidente da Junta de Freguesia de Alvalade.

Uma sondagem pictórica realizada em Agosto de 2014 na abóbada da capela-mor da igreja da Misericórdia de Alvalade, confirmou o que alguns técnicos há muito desconfiavam e produziu aquele que poderá ser um dos achados mais importantes e espectaculares dos últimos anos no património histórico alvaladense. A mão e  a mestria da conservadora e restauradora de arte Carla de Freitas, ao serviço da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, colocaram a descoberto pequenos sectores de uma pintura a fresco, com motivos religiosos, que se prevê cobrir integralmente a abóbada da antiga igreja da Misericórdia e que terá estado, durante muito tempo, coberta e escondida por várias camadas de cal.

Aparentemente em bom estado de conservação, esta pintura mural a fresco, cujo valor ainda não é conhecido, pode ser mais um importante motivo de visita turística e cultural para Alvalade e para o núcleo museológico previsto para a igreja da Misericórdia. Para já, a prospecção colocou a descoberto 3 anjos de uma composição pictórica que ocupará toda a abóbada do templo quinhentista alvaladense que só uma intervenção mais profunda de resgate, estudo e datação permitirá conhecer melhor, sabendo-se, contudo, que e pintura mural no Alentejo conheceu o seu ponto criativo mais alto nos fins do século 16 e na primeira metade do século 17. O resgate e divulgação desta pintura a fresco pode, no futuro, integrar a freguesia de Alvalade numa qualquer rota do património do Litoral Alentejano e, eventualmente, nas rotas do fresco do Alentejo.

_LPR

Uma Resposta a CMSC procura empresa para resgatar os frescos da Misericórdia

  1. Matilde Oliveira Responder

    25 de Maio de 2015 em 18:38

    Adorava ver todas essas pinturas já nas minhas férias durante a feira medieval.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.