Início » Últimas » Igreja matriz de Alvalade classificada como monumento de interesse público

Igreja matriz de Alvalade classificada como monumento de interesse público

telaDepois de um processo arrastado e com vários avanços e recuos, a igreja matriz de Alvalade foi finalmente classificada como monumento de interesse público, pela portaria nº 227/2013, publicada em Diário da República, de 12 de Abril de 2013, onde se pode ser a seguinte fundamentação:

A atual Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Oliveira resulta da ampliação, no início do século XVI, de uma primitiva capela datável dos séculos XIII ou XIV, em torno da qual cresceu a povoação. A estrutura da igreja quinhentista corresponde, sem particular originalidade, à tipologia comum da arquitetura manuelina de caráter regional, completada por uma importante campanha decorativa da segunda metade do século XVII.

Da estrutura manuelina destacam-se a capela-mor, coberta por uma complexa abóbada de cruzaria de ogivas com requintada decoração de cariz vegetalista, bem como o delicado portal principal, rematado em arco de carena, e os capitéis lavrados do interior. A campanha seiscentista centrou-se no grandioso retábulo de talha dourada e policromada da capela-mor, em estilo barroco nacional, que integra uma tela atribuída a Bento Coelho da Silveira, representando o orago do templo. No conjunto merecem ainda referência os retábulos oitocentistas em talha dourada das capelas laterais, uma representação do Calvário da escola maneirista de Évora, a fonte batismal em cantaria, aparentemente quinhentista, do batistério e o relógio de sol seiscentista da fachada, em pedra de Trigaches,considerado um dos melhores exemplares do Alentejo. A classificação da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Oliveira, matriz de Alvalade, reflete os critérios constantes do artigo 17.º da Lei n.º107/2001, de 8 de setembro, relativos ao caráter matricial do bem, ao seu interesse como testemunho simbólico e religioso, ao seu valor estético, técnico e material intrínseco e à sua conceção arquitetónica e urbanística. A zona especial de proteção (ZEP) tem em consideração a envolvente urbanística do imóvel, nomeadamente no que respeita à presença de outros imóveis com interesse patrimonial, e a sua fixação visa salvaguarda a dignidade do seu enquadramento e as leituras de vista.

Classificação

É classificada como monumento de interesse público a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Oliveira, matriz de Alvalade, no Largo 25 de Abril e na Rua Padre Abel Varzim, em Alvalade, freguesia de Alvalade, concelho de Santiago do Cacém, distrito de Setúbal, conforme planta de delimitação constante do anexo à presente portaria e que desta faz parte integrante.

A classificação é uma boa notícia, mas não chega para a sua salvaguarda e valorização

Para além da classificação, o imóvel e principal ex-libris do património edificado alvaladense, está também dotada de uma ZEP (zona especial de protecção), que se estende até à praça D. Manuel I. Doravante, todas as intervenções realizadas na igreja matriz e no perímetro urbano dentro da zona especial de protecção, estão sujeitas a uma fiscalização mais apertada e dependerão dos pareceres e consultas ao IGESPAR, para além das normais e obrigatórias autorizações do município.

Alvalade tem agora três monumentos classificados. A igreja matriz e o pelourinho, como monumentos de interesse público, e a ponte romana, classificada como monumento de interesse municipal.

Se por um lado as classificações podem significar mais cuidado e um nível de exigência maior nas obras que estes monumentos sejam alvo daqui em diante e nos edifícios situados dentro das respectivas ZEP’s, por outro pouco servirão caso não sejam conservados e valorizados como justificam. E é também por aqui que passa a reconstrução da identidade histórica e cultural de Alvalade, outrora sede de concelho secular, que tem no seu centro histórico alguns dos seus principais pilares.

_LPR

Uma Resposta a Igreja matriz de Alvalade classificada como monumento de interesse público

  1. José Raposo Nobre Responder

    12 de Abril de 2013 em 18:23

    É uma boa noticia a classificação da nossa Igreja Matriz como monumento de interesse publico. Julgo que tal facto se deve à intervenção do Dr.José Antonio Falcão, nosso amigo e que sempre mostrou o maior empenho pela nossa freguesia, não esquecemos que quando foram comemorados os 500 anos do Foral de Alvalade, adiou uma ida aos Estados Unidos para estar presente, onde fez uma brilhante palestra.
    JRN

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.