Início » Património » Património civil » Ponte dos Arcos, património destacado de Alvalade

Ponte dos Arcos, património destacado de Alvalade

pontearcosCom projecto desde 1945, a construção da Ponte dos Arcos só teve início em 1950, a cargo da Junta Autónoma de Estradas (JAE), após 5 anos de incertezas e contratempos. A obra, projectada pelo Engº Edgar Cardoso, técnico reputado da Junta Autónoma de Estradas, ficaria nos anais da engenharia nacional. O projecto, desenvolvido pelo famoso Engenheiro das Pontes, como ficou conhecido Edgar Cardoso, com base em ensaios experimentais sobre um modelo reduzido elascimétrico da obra, algo inédito até então em Portugal, não teve inicialmente a aprovação do Douto Conselho Superior de Obras Públicas, mas a metodologia adoptada significaria o início de uma nova fase da técnica de projectar em Portugal, e esteve na origem da criação do Laboratório de Engenharia Civil (LEC), actual Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), como se depreende das palavras do Ministro das Obras Públicas à época, José Frederico do Casal Ribeiro Ulrich, em 2 de Abril de 1947, quando empossou o primeiro director do LNEC, Prof. Eduardo Arantes e Oliveira:

(…) Em 1945 foi presente ao Douto Conselho Superior de Obras Públicas o projecto de uma ponte de betão armado, cuja estrutura se baseava, parcialmente, em dados obtidos, por processos experimentais, pelo próprio autor do projecto. Não pôde o Conselho, porque o estudo em causa se não encontrava justificado com rigorosa observância das disposições regulamentares em vigor, emitir parecer favorável à sua aprovação, mas formulou o voto de ver criado um Laboratório oficial e legalizada a investigação experimental científica, nele realizada, no estudo de estruturas hiperestáticas, cujas solicitações em grande número dos casos não podem ser determinadas analiticamente. Foi desse voto que nasceu a ideia do Laboratório de Engenharia Civil”.

A Ponte dos Arcos, ou a Ponte de Alvalade como a extinta Junta Autónoma de Estradas a designou, é património destacado de Alvalade e uma referência importante na engenharia nacional.

 _LPR

Agradecimento: ao Sr. Jorge Sequeira pela informação e reprodução bibliográfica.

3 Respostas a Ponte dos Arcos, património destacado de Alvalade

  1. José Raposo Nobre Responder

    30 de Julho de 2013 em 17:01

    Pelo valor desta Obra e pelo facto de ter sido projetada pelo Eng. Edgar Cardoso, um dos mais conceituados técnicos mundiais do sector, já merecia que fosse afixada uma placa a lembrar esse facto.
    JRN

  2. admin Responder

    30 de Julho de 2013 em 18:38

    Também concordo.
    _LPR

  3. Álvaro Silva Responder

    18 de Novembro de 2014 em 11:16

    Só uma pequena achega se me derem licença. Penso que esta ponte e outras foram executadas por uma firma de construção cívil de V. N. de Cerveira A. Costa associado ao Engº Carmona. A maior parte dos operários foram desta vila minhota, alguns deles acompanhados pelas famílias que mais tarde contavam as suas experiências de vida no Alentejo (uma delas o caiar as casas várias vezes no ano o que deixava atónitas as mulheres cá do Minho, em especial por esse trabalho ser executado pelas mulheres alentejanas) bem como aprenderam a cozer o pão de trigo e a fazer as açordas o que era desconhecido para a grande maioria delas que por sua vez as ensinavam a cozedura da broa de milho. Isto são lembranças da minha infância em meados dos anos 50/60.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *