Início » Últimas » Que novidades trará ainda 2015 para o património alvaladense?

Que novidades trará ainda 2015 para o património alvaladense?

paçosepelourinhoO ano de 2014 foi positivo para o património histórico de Alvalade, onde se destacam algumas obras importantes e há muito necessárias como a pintura da igreja matriz e a intervenção de conservação e pintura exterior dos antigos paços do concelho, dois edifícios nucleares na história e na identidade da freguesia. Um ano que também ficou marcado pelas sondagens pictóricas e a descoberta importante dos frescos na abóbada da Misericórdia, edifício histórico que foi também igualmente pintado exteriormente. A exposição de arqueologia “Pedras com História”, talvez a melhor mostra arqueológica que Alvalade já viu e que mais meios envolveu, foi também um dos grandes destaques em 2014. Outro momento alto foram as comemorações dos 180 anos da passagem e pernoita do Rei D. Miguel I por Alvalade, que incluiu um colóquio e o descerramento de uma placa alusiva à efeméride. Um acontecimento que dignificou os pergaminhos históricos da freguesia e que contou com a presença da S.A.R. a Duquesa de Bragança, entre muitos outros ilustres convidados.

Depois de um ano que foi positivo para o património histórico alvaladense, são grandes a expectativas para os restantes 7 meses que faltam para o terminus de 2015. A requalificação da praça D. Manuel I esteve programada para 2012 mas acabou recalendarizada para 2015, pelo executivo municipal anterior e cuja informação foi oficialmente divulgada. Ainda haveria tempo para a execução da obra (orçamentada em 100 mil euros em 2010), e a respectiva inauguração, por exemplo, nas festas do foral manuelino de Alvalade. Fica a dúvida se será mesmo uma obra para realizar este ano ou se terá mais um adiamento, que a concretizar-se será o 5º desde 1996… Em matéria de exposições, fazemos votos, daqui, que a mostra “Pedras com História”, instalada na igreja da Misericórdia, volte a ter portas abertas durante o Verão e nas festas do foral. A sua qualidade, os meios e os custos que envolveu, justificam-no inteiramente. Nem que para isso seja necessário retocar pontualmente a exposição e introduzir algumas novidades.

_LPR

4 Respostas a Que novidades trará ainda 2015 para o património alvaladense?

  1. Manuel F. Neves (Lito) Responder

    23 de Maio de 2015 em 15:42

    Boa tarde!

    Não sei o que se pretende dizer e fazer com a “requalificação” da praça D. Manuel I.
    Contudo, devo dizer que, se a tal corresponder a sua descaracterização, o melhor será não “requalificar”.

    Lembro-me da PRAÇA, como ela era na primeira metade do seculo XX, e, devo dizer que as obras ali feitas, embora a tivessem “requalificado”, tornaram-na completamente diferente do que era.

    Do meu ponto de vista, não se deve fazer muito diferente do que já está, pois como está já não é o que os nossos antepassados nos deixaram.

    Não quero com isto dizer que não se deva fazer uma bonita “praça”, num outro qualquer local de Alvalade-Sado, porém alterar a arquitectura ou a funcionalidade da “minha” PRAÇA, acho que não!

    Abraço;

    Lito

    • admin Responder

      23 de Maio de 2015 em 19:08

      Em princípio, tanto quanto sei, o projecto de requalificação da praça consiste na substituição do piso de alcatrão por calçada grossa, enterramento de cabos eléctricos, de comunicações, etc, introdução de iluminação pública adequada e ordenamento do estacionamento.
      _LPR

      • Matilde Oliveira Responder

        23 de Maio de 2015 em 23:49

        Parece-me uma excelente ideia, oxalá consigam as obras.

      • Manuel F. Neves (Lito) Responder

        24 de Maio de 2015 em 17:46

        Boa tarde!

        Tudo o que for melhorar, dentro da traça, acho muito bem!

        Se aos melhoramentos se poderem resolver problemas de segurança (caso dos cabos eléctricos e outros), acho muitíssimo bem e, espero, que a câmara de Santiago não se esqueça da promessa já antiga.

        Mãos à obra!

        Abraço;

        Lito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.