Início » História » Apontamentos históricos do Pe. Jorge de Oliveira » A capela do Espírito Santo

A capela do Espírito Santo

e.s.Na praça, a norte dos paços do concelho e do pelourinho, já na rua de Lisboa (no local da fotografia), existia uma ermida dedicada ao Divino Espírito Santo, contígua à travessa do mesmo nome, que ainda existe e descia em declive suave até à Fonte Branca (a actual Fonte da Bica), seguindo daí em carreteira, até ao Porto de Beja, sendo esta a melhor entrada para a vila.

A mencionada ermida consistia num velho casarão, sem arte alguma, onde se erguia um pequeno altar. Tinha festa no dia próprio, que servia de pretexto para a distribuição do Bodo que consistia em pão, carne e vinho, que era distribuído não só aos pobres mas também aos remediados e era fornecido pelos lavradores abastados que ofereciam reses, chibatos, farinha, etc.

O terramoto de 1755 arruinou muito esta capela, cuja porta era voltada ao poente e, não tendo sido reparada, o seu terreno foi mais tarde aforado pela junta de freguesia, sendo hoje a residência particular de um proprietário.

_Apontamentos históricos do Padre Jorge de Oliveira (1865/1957), pároco de Alvalade entre 1908 e 1936, para uma monografia que não chegou a publicar.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.