Início » Entradas colocadas por admin

Memórias de Alvalade

Memórias de Alvalade

‘Memórias de Alvalade’ é agora o nome desta página, uma designação mais ajustada, no nosso entender, aos conteúdos que aqui vamos publicando. A presença na rede social facebook acompanhará a mesma alteração, na designação. O layout e a estrutura desta página têm tido, nos últimos tempos, vários problemas técnicos cuja…

JFA embeleza entrada nobre da vila com enfardadeira de 1930

JFA embeleza entrada nobre da vila com enfardadeira de 1930

Ninguém fica indiferente à prensa enfardadeira para forragens e palha, de 1930, que embeleza a rotunda na entrada principal de Alvalade. Adquirida e recuperada com a conjugação de várias vontades, públicas e privadas, num processo encabeçado pela Junta de Freguesia de Alvalade, a antiga alfaia agrícola remete-nos para as nossas…

O Sino da Padroeira

O Sino da Padroeira

No ano da proclamação da República e 2 anos depois de assumir os destinos da paróquia, o Padre Jorge de Oliveira promoveu várias intervenções na igreja matriz, incluindo nos sinos que se abrigam na torre: ‘(…) Em Maio de 1910 comprei um sino para substituir o outro que se quebrara…

Efemérides de Outubro

Efemérides de Outubro

1533 – Visitação aos bens espatários da comenda de Alvalade no dia 17 de Outubro efectuada por Álvaro Mendes, cavaleiro da Ordem de Santiago, e Afonso Rodrigues, prior da Igreja de S. Pedro de Palmela, visitadores da comarca do Campo de Ourique. O comendador de Alvalade era Francisco Correia. 1831 – A…

Os Priores de Alvalade (1604-1699)

Os Priores de Alvalade (1604-1699)

Até à instauração da República em 5 de Outubro de 1910, eram as paróquias do Reino que procediam à importante tarefa de registo da população, nos momentos mais importantes das suas vidas e aos quais acorriam à intervenção do respetivo pároco, ou seja, eram as paróquias que registavam os batismos,…

Moeda medieval encontrada no centro histórico…

Moeda medieval encontrada no centro histórico…

Por estes dias, uma moeda portuguesa medieval viu a luz do sol num quintal do centro histórico de Alvalade, sabe-se lá há quantos séculos soterrada… Trata-se, aparentemente, de um grave ou ‘bolhão’ (14 dinheiros) de D. Fernando I, nono rei de Portugal e último da primeira dinastia, cognominado como o…

O Padre João Camacho de Brito – Entre Alvalade e o Roxo

O Padre João Camacho de Brito – Entre Alvalade e o Roxo

Em 1702 o Padre Beneficiado da Matriz de Alvalade Miguel Nunes Lobo pede, e é-lhe concedido, o alvará de dispensa do benefício curado bem como a autorização para regressar a casa de sua mãe, em Azinheira dos Barros. O benefício eclesiástico vagante é então conferido ao Frei professo da Ordem…

A antiga Cantina Escolar…

A antiga Cantina Escolar…

A história do edifício onde agora funciona a nova extensão de saúde de Alvalade, começa em 6 de Março de 1949… Nesse dia, com a presença do Governador Civil efectivo e substituto de Setúbal, os Presidentes da União Nacional e da Câmara Municipal de Setúbal, o Director Escolar do Distrito,…

O Largo do Vasco

O Largo do Vasco

Já vai distante o tempo em que lhe chamavam «o largo do café do Chico», enquanto outros, mais velhos, conheceram-no ainda como «o largo do Vasco», o topónimo mais antigo e que ainda sobrevive. O nome foi-lhe ’emprestado’ por Vasco José da Silva, comerciante (mercearia, talho, café…), um dos habitantes…

O Bairro da Fonte

O Bairro da Fonte

A referência mais antiga sobre o Bairro da Fonte data de 1840 mas o lugar terá sido ocupado e habitado muito antes disso e por influência da proximidade da antiga Fonte Branca, que em 1918 deu origem à Fonte da Bica. Mas também por força da principal entrada da vila…

Efemérides de Novembro

Efemérides de Novembro

1755 – O terramoto do dia 1 de Novembro provoca enormes estragos em toda a vila. Habitações, edifícios públicos, igrejas e pelourinho sofreram danos muito significativos. 1836 – É extinto o concelho de Alvalade no dia 6 de Novembro. Alvalade e Roxo são incorporadas como freguesias no concelho de Messejana. 1865…

Alvalade ao tempo do grande terramoto de 1 de Novembro de 1755

Alvalade ao tempo do grande terramoto de 1 de Novembro de 1755

Por alturas do grande sismo que hoje perfaz 262 anos, Alvalade era uma pequena vila, de poucos arruamentos e que se resumiam ao largo do Adro (actual largo 25 de Abril), rua do Adro (actual rua 25 de Abril), rua da Figueira, travessa da Figueira, rua de S. Pedro, Priorado,…

Património linguístico a preservar…

Património linguístico a preservar…

Amalhar (recolher à malhada); Amanhar-se (governar-se, enriquecer-se); Arrematar (praguejar, falar mal); Avelar (meter bolotas ao fumeiro, para secar); Balhana (coisa que não presta); Calma (calor); Candeio (flor das oliveiras, azinheiras e sobreiros); Chiquear (molhar o chão destinado à eira e fazê-lo calcar com os pés das ovelhas, cabras ou porcos);…

Visitação a Alvalade e Igreja Matriz em 1715 (transcrição)

Visitação a Alvalade e Igreja Matriz em 1715 (transcrição)

O Doutor Francisco Pereira Taborda, Desembargador da Relação Eclesiástica da Corte e cidade de Évora, da Mesa do Governo, Visitador pelo Ilustríssimo Senhor Dom Simão da Gama Metropolitano Arcebispo de Évora, do Conselho de Sua Majestade que Deus guarde. Faço saber que estando em visita ordinária nesta vila de Alvalade…

A extinção do concelho de Alvalade em 1836

A extinção do concelho de Alvalade em 1836

Com a reforma administrativa de 1835-36, o concelho de Alvalade, com foral pelo menos desde o século XVI, foi suprimido. Tratou-se de uma reforma que visava o reforço da mão do estado na tutela municipal. Foi aliás esta reforma que instituiu os distritos administrativos e criou neles a figura de…

A pedra do lagar de Campilhas…

A pedra do lagar de Campilhas…

Do oitocentista (?) e desaparecido lagar de azeite de Joaquim Miguel Cabeça, que outrora laborou anos e anos a fio no início do conhecido Bairro de Campilhas ou Bairro Danado, restam apenas algumas memórias: a ‘Travessa do Lagar’, apesar das alterações urbanísticas do local mas excluída da toponímia da vila,…

A iluminação pública nas ruas antigas de Alvalade…

A iluminação pública nas ruas antigas de Alvalade…

As ruas de Alvalade conheceram os primeiros candeeiros públicos em 1914, um serviço de iluminação inaugurado no dia 22 de Agosto com direito a cerimónia e grande festa popular. A rede eléctrica e a nova iluminação pública chegariam apenas em 1958, no dia 26 de Janeiro, novamente com festa de arromba…

S. Roque, 16 Agosto de 1687

S. Roque, 16 Agosto de 1687

Com a ermida reduzida a alguns restos de paredes, em S. Roque já não se ouve o rebentar dos foguetes, nem o burburinho alegre do povo, ou a música de Beja como no dia 16 de Agosto de 1687. Quem vai hoje a S. Roque, na herdade do Faial, não consegue…

Página 1 de 20123Próxima ›Última »