Início » Arquivos por categoria » Últimas

Memórias de Alvalade

Memórias de Alvalade

‘Memórias de Alvalade’ é agora o nome desta página, uma designação mais ajustada, no nosso entender, aos conteúdos que aqui vamos publicando. A presença na rede social facebook acompanhará a mesma alteração, na designação. O layout e a estrutura desta página têm tido, nos últimos tempos, vários problemas técnicos cuja…

O Sino da Padroeira

O Sino da Padroeira

No ano da proclamação da República e 2 anos depois de assumir os destinos da paróquia, o Padre Jorge de Oliveira promoveu várias intervenções na igreja matriz, incluindo nos sinos que se abrigam na torre: ‘(…) Em Maio de 1910 comprei um sino para substituir o outro que se quebrara…

Efemérides de Outubro

Efemérides de Outubro

1533 – Visitação aos bens espatários da comenda de Alvalade no dia 17 de Outubro efectuada por Álvaro Mendes, cavaleiro da Ordem de Santiago, e Afonso Rodrigues, prior da Igreja de S. Pedro de Palmela, visitadores da comarca do Campo de Ourique. O comendador de Alvalade era Francisco Correia. 1831 – A…

Os Priores de Alvalade (1604-1699)

Os Priores de Alvalade (1604-1699)

Até à instauração da República em 5 de Outubro de 1910, eram as paróquias do Reino que procediam à importante tarefa de registo da população, nos momentos mais importantes das suas vidas e aos quais acorriam à intervenção do respetivo pároco, ou seja, eram as paróquias que registavam os batismos,…

A antiga Cantina Escolar…

A antiga Cantina Escolar…

A história do edifício onde agora funciona a nova extensão de saúde de Alvalade, começa em 6 de Março de 1949… Nesse dia, com a presença do Governador Civil efectivo e substituto de Setúbal, os Presidentes da União Nacional e da Câmara Municipal de Setúbal, o Director Escolar do Distrito,…

O Largo do Vasco

O Largo do Vasco

Já vai distante o tempo em que lhe chamavam «o largo do café do Chico», enquanto outros, mais velhos, conheceram-no ainda como «o largo do Vasco», o topónimo mais antigo e que ainda sobrevive. O nome foi-lhe ’emprestado’ por Vasco José da Silva, comerciante (mercearia, talho, café…), um dos habitantes…

O Bairro da Fonte

O Bairro da Fonte

A referência mais antiga sobre o Bairro da Fonte data de 1840 mas o lugar terá sido ocupado e habitado muito antes disso e por influência da proximidade da antiga Fonte Branca, que em 1918 deu origem à Fonte da Bica. Mas também por força da principal entrada da vila…

Efemérides de Novembro

Efemérides de Novembro

1755 – O terramoto do dia 1 de Novembro provoca enormes estragos em toda a vila. Habitações, edifícios públicos, igrejas e pelourinho sofreram danos muito significativos. 1836 – É extinto o concelho de Alvalade no dia 6 de Novembro. Alvalade e Roxo são incorporadas como freguesias no concelho de Messejana. 1865…

Património linguístico a preservar…

Património linguístico a preservar…

Amalhar (recolher à malhada); Amanhar-se (governar-se, enriquecer-se); Arrematar (praguejar, falar mal); Avelar (meter bolotas ao fumeiro, para secar); Balhana (coisa que não presta); Calma (calor); Candeio (flor das oliveiras, azinheiras e sobreiros); Chiquear (molhar o chão destinado à eira e fazê-lo calcar com os pés das ovelhas, cabras ou porcos);…

A extinção do concelho de Alvalade em 1836

A extinção do concelho de Alvalade em 1836

Com a reforma administrativa de 1835-36, o concelho de Alvalade, com foral pelo menos desde o século XVI, foi suprimido. Tratou-se de uma reforma que visava o reforço da mão do estado na tutela municipal. Foi aliás esta reforma que instituiu os distritos administrativos e criou neles a figura de…

A pedra do lagar de Campilhas…

A pedra do lagar de Campilhas…

Do oitocentista (?) e desaparecido lagar de azeite de Joaquim Miguel Cabeça, que outrora laborou anos e anos a fio no início do conhecido Bairro de Campilhas ou Bairro Danado, restam apenas algumas memórias: a ‘Travessa do Lagar’, apesar das alterações urbanísticas do local mas excluída da toponímia da vila,…

S. Roque, 16 Agosto de 1687

S. Roque, 16 Agosto de 1687

Com a ermida reduzida a alguns restos de paredes, em S. Roque já não se ouve o rebentar dos foguetes, nem o burburinho alegre do povo, ou a música de Beja como no dia 16 de Agosto de 1687. Quem vai hoje a S. Roque, na herdade do Faial, não consegue…

1 2 3 15